Você cuida da sua árvore?

A árvore que você cuida, chamada empresa

Não é uma pergunta à toa, nem boba, é bem séria. Muitas pessoas não entendem do próprio negócio, algumas nem o conhecem direito, outras não fazem ideia do que estão fazendo, como se tivesse uma árvore em casa e só olhassem para ela. 

Todos os dias devemos aprender mais sobre nosso mercado e menos sobre o amor que sentimos por ele. Amor é assunto para outro texto, mas hoje é dia de pé no chão e não estou lá muito romântica! Todos os dias correr atrás do que está acontecendo na sua área, com sua clientela, é regar aquela plantinha, que jajá virará uma árvore gigante. Adubar com o adubo certo, podar de vez em quando e regar sempre fortalece a árvore. Do contrário, o apego às folhas pode comprometer o equilíbrio, o excesso ou a falta de água comprometem a raiz e a falta de luz não deixa a planta respirar. 

O adubo do negócio é a constante atualização do mercado. Algumas vezes dá muito certo e esse adubo é usado por muito tempo. No entanto, o mesmo adubo pode não servir mais, o que leva a testar outros. Essa “troca” de adubo é conhecida como pivotar o negócio. Esse termo é bem conhecido entre as startups, e indica o momento de repensar sobre o escopo do negócio, dar um passo atrás, fazer os ajustes corretos e dar dois passos à frente, explicando de forma bem resumida (e ecológica! rsrs). A poda é o ajuste financeiro. Mudam índices, impostos, folha de pagamento. Hora dos cortes. Conhecendo bem seu negócio, seu fluxo financeiro e projeção financeira de acordo com a variação do mercado, ou seja, podar as folhas na hora certa, vai deixar seu negócio bem mais enxuto e funcional para a próxima estação.  

A rega é aquilo que sua árvore mais gosta e precisa: carteira de clientes. De nada adianta decorar uma porção de fórmulas prontas vendidas por aí de como encantar seu cliente se você nem sabe quem ele é. É como regar uma planta com café, ao invés de água. Isso mesmo! Dar ao cliente o que ele precisa é um ofício que requer acuracidade de análise, construção de jornada, engajamento contínuo e fidelização. Aproveitando, café é uma delícia, mas não para árvores…

Vire um agricultor do seu negócio! Veja se é um jardineiro de verdade ou se é um mero admirador de plantas com entusiasmo vazio. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s